segunda-feira, julho 23, 2007

Paphiopedilum malipoense x malipoense var. jackii


















A identificação é minha, mas não me parece que haja lugar para grandes dúvidas... era suposto ser o Paphiopedilum malipoense var. jackii, mas se fosse o estaminódio seria branco com uma mancha central verde com linhas finas acastanhanhadas. Se fosse o malipoense tipo, a metade escura do estaminódio seria cor de framboesa/castanho escuro sólida, sem falhas na pigmentação. Há mais algumas características em comum com ambas as espécies, mas a coloração do estaminódio parece ser a mais distintiva. Enfim... contingências das compras à distância!

Vou ter que me contentar com ele enquanto o meu malipoense não se resolve a florir - e na verdade este é bem bonito também, tenho que reconhecê-lo. Se bem que não vejo o interesse do cruzamento de espécies tão semelhantes... a não ser pelo vigor híbrido, que será concerteza uma grande vantagem para os produtores comerciais.

Levou imenso tempo a florir, adquiri-o em Abril com a haste a meio caminho e só agora a flor abriu. Mas também, são 50 cm de haste! A flor é bastante grande e tem um perfume suave a... brandy de maçã! deve ser para condizer com o verdão espectacular da flor eheh

2 comentários:

Greenman disse...

Apesar de ser híbrido e tal, é muito bonito!

O cheiro a brandy é uma novidade para mim no mundo das orquídeas.

TC disse...

Pois é, Zé, apesar de ser 'gato por lebre' é mesmo muito bonito, e a flor vê-se ao longe! O perfume é engraçado eheh, e bastante mais activo de manhãzinha (não, não dei por ele depois de uma noitada, é mesmo assim eheh)