domingo, janeiro 27, 2008

Specklinia ornata






Cada vez gosto mais destas pleuro-coisinhas... e mais uma vez tenho que me lamentar por serem na maioria de temperaturas mais baixas que as que lhes posso fornecer. Já sei, não se pode ter tudo eheh, mas quando se quer muito (muito!) pelo menos tenta-se, e algumas hão-de resultar concerteza. Esta por exemplo é a segunda tentativa que faço (na verdade a primeira veio muito pequena e acabada de montar, e até conseguiu fazer uma florzinha, mas como não havia maneira de ficar mais forte por aqui foi para um amigo que tem estufa e melhores condições para ela recuperar); felizmente esta plantinha veio a vender saúde, vamos ver se assim a consigo aguentar pois é uma das minhas preferidas.
Quanto ao nome dela, mais uma grande confusão... foi comprada como Pleurothallis schiedei, que na checklist dos Kew Gardens aparece como sinónimo de Stelis villosa; no site do Orchidstudium está como Specklinia villosa; no site da Pleurothallid Alliance, por sua vez, o nome dela é Pleurothallis ornata... se procurasse mais aposto que ainda encontrava mais uns quantos nomes para ela! Por uma questão de coerência costumo usar a classificação dos Kew, mas neste caso parece-me bastante confusa... por isso dei-lhe o nome que estou mais habituada a usar.

É originária da Guatemala, El Salvador e México, de altitudes entre os 1800 m e os 2400 m. Quanto a temperaturas, também existem várias opiniões, que variam do intermédio/quente ao intermédio/fresco - que me parece o mais provável, dada a altitude a que esta espécie é encontrada. Como para todas estas pequeninas, é fundamental manter uma humidade elevada e protegê-las da luz directa. Cultivo-a numa caixa de plástico aberta com esfagno húmido no fundo, e coloco-a no terrário durante os períodos de temperaturas mais altas no verão.

2 comentários:

Greenman disse...

Muito bonita!
É a mesma planta que levaste à exposição da Primavera no Jardim Botânico da Ajuda???

Se é, está muito maior e, desta vez com mais florecas!!!

Parabéns!!!

TC disse...

Não, esta é nova, só cá está há uns 5 meses... a outra dei-a ao Rui antes que se fosse, eu não a ia conseguir recuperar e na estufa dele ela já está a arrebitar. Espero que esta, como veio bem forte, se aguente por aqui porque eu adoro estas franjinhas malucas eheh