quarta-feira, outubro 10, 2007

Restrepia cf. tsubotae


A identificação é minha, ela foi comprada como Restrepia dodsonii - e parece que não fui a única a receber esta planta trocada! (ver aqui).

Estas flores são mesmo cómicas, parecem druidas saídos de um livro do Astérix eheh. A espécie é originária da Colômbia, onde cresce a cerca de 600 m de altitude - não necessita, portanto, de temperaturas muito baixas, ao contrário da maior parte do género. É uma plantinha vigorosa, produziu bastantes folhas desde que a comprei, mas é preciso ter cuidado com a falta de circulação do ar pois é facilmente atacada por fungos. Tenho-a num sítio com luminosidade média, sem luz directa, e está montada numa plaquinha de feto arbóreo - mas talvez a ponha num vaso, não sei se não estará a secar demasiado rápido...

Tenho que descobrir mais algumas destas que se aguentem com os nossos verões quentes, as flores são mágicas!

3 comentários:

Greenman disse...

Muito bonita!!! Lindíssima!
E as tuas fotos! Bem... cada vez melhores!

E a lista dos FAVORITOS a crescer!!

Greenman disse...

Porque é que as pontas das folhas estão secas???

TC disse...

GM, as folhas com pior aspecto são as mais antigas, ela chegou um pouco maltratada da viagem - é de uma encomenda à Ecuagenera, veio de muito longe! Nas folhas novas também há alguns danos menores, esses devidos a fungos quando elas estavam pequeninas e mais tenrinhas, e aconteceram quando esteve muito calor e a ventoínha do terrário avariou... agora como a temperatura já baixou tenho-a fora do terrário, e as folhas novas estão a desenvolver-se sem problemas - pelo menos por enquanto! eheh