sexta-feira, junho 29, 2007

Psychopsis papilio

Esta é uma concerteza uma das espécies mais emblemáticas da família Orchidaceae, daquelas flores que aparecem na maioria dos livros genéricos sobre orquídeas e que todos ficamos a ambicionar... a forma invulgar e a flor grande, colorida e extravagante no topo de uma haste compridíssima (estas rondam os 75 cm, mas podem chegar até 120 cm) tornam-na muito atraente - parece até artificial! E claro, quem não gosta de borboletas, não é?...

É originária do norte da América do Sul e Trinidad, onde cresce epifiticamente em
florestas de baixa altitude. As temperaturas são elevadas ao longo de todo o ano, com invernos mais secos e ligeiramente mais frescos - mas aguenta perfeitamente os nossos, apenas faz uma pausa no crescimento, devendo as regas e adubação ser reduzidas em conformidade. Durante o período activo precisa de regas abundantes, mas as raízes devem secar até à noite e o substrato deve ter excelente drenagem (eu estou a usar lava e tenho-a em vaso de barro, ela parece estar a gostar). A humidade deve ser elevada, acima dos 70%, mas acompanhada de boa circulação do ar para evitar o aparecimento de fungos. As adubações são ligeiras e semanais durante o verão, no inverno são eliminadas. Quanto à luz, as minhas recebem cerca de 3/4 horas diárias durante o ano inteiro, mas são protegidas do sol directo quando o verão aperta.

Sem dúvida um dos meus (segundos) géneros preferidos eheh

2 comentários:

Margarida disse...

Lindo conjunto!!! Parabéns pela floração...

TC disse...

obrigada Margarida! mais uns diazinhos e vai haver mais umas borboletas a dar o ar da sua graça eheh