sexta-feira, dezembro 21, 2007

Corybas cf. pictus











Linda!!!!!! e tão pequenina e invulgar, não é? nem se diria que é uma orquídea eheh

Foi comprada como Corybas nervosus, mas o táxon não existe. Segundo o vendedor, que a terá comprado a um produtor indonésio, é mesmo a pictus - e pelas fotos que encontro concordo com ele, tanto as folhas como a flor me parecem iguais.

Ao contrário das Corybas australianas, que gostam de fresco, as espécies do género que vêm da Indonésia apreciam temperaturas mais elevadas, e maior luminosidade também. Eu copiei esta técnica de cultivo, e pelos vistos está a dar resultado (pelo menos para já... vamos ver se continua assim!). Depois da flor secar vou retirar a cobertura do vaso e deixar o substrato ligeiramente menos húmido. As folhas deverão secar em seguida, mas se tudo correr bem daqui a três ou quatro meses os tubérculos voltarão a fazer folhas e flores, o período de dormência não é muito longo nem sazonal. A ver se para o ano arranjo mais uma destas, fiquei fã eheh

4 comentários:

Anónimo disse...

Olá Teresa

Muito bonita, a flor e o vegetal são bastante diferentes.
Gostei da informação do link.

Beijocas e bom natal.

Duarte

Anónimo disse...

Olá,
A flor é espectacular! tb concordo com o substrato menos húmido...Um Natal florido !
Fátima

Greenman disse...

Lindíssima...
De cada vez que aqui venho a minha lista de compras aumenta!!!

Anónimo disse...

são essas pequenas coisinha que preenche tanto as nossas vidas. Gostaria de ter contato.